Seja Bem Vindo a Entre Brasucas / Registre-se Clicando no Cadeado

Conheça sobre o Safari na África do Sul

Conheça sobre o Safari na África do Sul

Quando ir para um Safari?

Entre abril e setembro, a região é mais seca, o que faz com que os animais circulem mais. Entre novembro e fevereiro é uma época de tempo instável, com chuvas a qualquer momento do dia e, por isso, as chances de ocorrerem os grandes encontros com os chamados “Big Five”, os 5 maiores animais da região – búfalo, leão, leopardo, elefante e rinoceronte, são muito menores.

Três dias são mais que suficientes para usufruir da natureza exuberante e diferente do local, descansar e se aventurar no safari. Não existe o que chamamos de “day use”, ou seja, não é permitido apenas comprar o passeio na reserva. Você tem que se hospedar na Reserva para poder participar de um safári.

Na África do Sul existem pelo menos 20 reservas onde há hospedagem em hotéis, lodges ou pequenas pousadas.

A reserva mais famosa é a Kruger Park, onde, também, se localizam os hotéis melhores. Nesta reserva, em um centro de reabilitação, foram acolhidos três guepardos que, não vivendo em cativeiro, estão bastante acostumados com a proximidade dos humanos, se comportando como gatinhos domésticos!

Outra reserva bastante famosa é a Madikwe Game Reserve mas, em qualquer das 20 reservas maiores, o coração vai bater mais forte do mesmo modo!!

Quem pode participar de um safári? Adultos, por óbvio. Crianças, entre 9 e 12 anos somente podem participar se o jipeiro permitir. Menores de 9 anos são proibidos de participar.

A decisão sobre a participação das crianças maiorzinhas é subjetiva do motorista porque, para alguns animais, movimento ou barulho, se estiverem com fome, incentivam um possível ataque ao veículo, colocando em risco a vida de todos os outros tripulantes.

As Reservas propõem 2 saídas por dia: uma no meio da madrugada e outra no início da noite, cada uma com duração de 3 a 4 horas.

Para viver esta aventura existem os jipes pequenos, que comportam até 6 pessoas e os caminhões de caçamba aberta, que levam até 20 pessoas.

Mas………..o safári pode ser uma experiência frustrante, afinal, estamos lidando com animais em seu habitat, que podem não aparecer no dia do seu passeio. É apenas uma questão de sorte!

Quando fizemos a viagem, o motorista marcou a primeira saída às 3h da manhã e, com o frio intenso recomendamos o uso de casacos muito grossos.

O veículo começou a andar pelas trilhas e os jipeiros, que se comunicam por rádio, avisam quando encontram algum dos “big five”. Numa dessas saídas da madrugada, alguém avisou ter encontrado um leopardo e, nesse momento, o motorista do nosso jipe foi à toda velocidade para o local, apagando as luzes e pediu absoluto silêncio e nenhum movimento.

Após alguns minutos, o grupo foi surpreendido por um salto, por cima do veículo, desse felino fantástico! Foi a experiência mais inusitada e maravilhosa desse safári.

Noutra saída de dia, o motorista notou pegadas novas na terra e avisou os passageiros que eram rastro recente de leão. Com o veículo em baixa velocidade e todos imóveis e em silêncio, o jipe avançou até que conseguiram localizar o animal, que foi visto bem de perto.

Essas experiências são lembranças que ficarão em suas memórias para sempre!

Vamos embarcar nessa aventura com Entre Brasucas?

Por Tania Wasserman

Não deixe de conhecer todos os nossos anunciantes e serviços da Entre Brasucas

Deixe o seu comentário


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *