Seja Bem Vindo a Entre Brasucas / Registre-se Clicando no Cadeado

SIRI LANKA – Um país surpreendente!

SIRI LANKA – Um país surpreendente!

Situado entre a Índia e a Tailândia, este país insular asiático é rico em paisagens cobertas por mantos verdes, praias dignas de filmes, e uma história milenar de um povo que sempre está de braços abertos para quem o visita

Na terra do chá e das especiarias (a fama da ilha começou com o até hoje famoso chá preto que leva o mesmo nome antigo, o ceylon tea), a população, além de ser extremamente receptiva, também é de uma alegria e humildade sem igual.

A nação é famosa pelas antigas ruínas budistas, entre as quais está Sigiriya, uma cidadela do século V com um palácio e afrescos, que serviu de locação para o video clipe “Save a Prayer” da banda Duran Duran.  A cidade de Anuradapura, antiga capital do Sri Lanka, tem muitas ruínas que datam de mais de 2.000 anos atrás e traz turistas de todos os lugares do mundo o ano todo.

Com absoluta certeza, seja qual for seu estilo de viagem, não há como não se encantar com o Buda Avukana gigante de Kekirawa, as ruínas de Polonnaruwa e praias de tirar o fôlego (que não perdem em nada para os destinos mais “comerciais” como Maldivas, Indonésia, etc) como Medaketiya, Unnawatuna e a Arugam Bay, que são três, dos muitos pontos disputados por quem quer praticar kitesurfe, windsurfe, canoagem ou simplesmente quer tomar sol em uma faixa de areia dos sonhos.

  O país também é famoso por pelos santuários de elefantes, oferecendo, aos mais aventureiros, um safari montado nas costas desses seres incríveis!

Os melhores meses para visitar as praias da Costa Oeste e Sul, além das regiões montanhosas e centro, são entre os meses de outubro e março. Para visitar a Costa Leste, a indicação são os meses entre abril e setembro. Vale avisar que, visitar o Sri Lanka, é obrigatório estar vacinado contra cólera, hepatite A e febre tífóide.

  Uma das experiências inusitadas para nós, brasileiros, que estamos habituados a tomar água de coco em todo o litoral norte, nordeste, é experimentar o tradicional rei coco amarelo, encontrado em qualquer praia da ilha.

Quanto ao tipo de alimentação…preparem-se! Ardida, quente, apimentada, aromática… É difícil descrever a gastronomia cingalesa. Seja com um roti ou ao misturar seu arroz com os vários tipos de curry, a boca entra em ebulição. Terror para alguns (como eu, que não como nada, nadinha, que tenha um grãozinho de pimenta), suaves sutilezas para outros, aficcionados pelo ardido das pimentas, fato é que ninguém fica indiferente. Enquanto por aqui sempre pingamos um pouco de pimenta nas coxinhas e nos pastéis, as comidas de lá já tem fogo próprio.

   Calma!!! Para nós, seres “desardidos”, existem as opções dos restaurantes internacionais, das redes de fast food ou de um simples pedido, aos chefs sempre solícitos, de pegar leve na pimenta (not spicy at all, please!).

Também vale a dica de pedir a Appa, alimento consumido pelos locais no café da manhã. É uma massa bem leve e crocante de farinha de arroz com leite de coco, assada, podendo ser comida pura ou com algum recheio de sua preferência. Geralmente eles comem com ovo ou queijo.

Outro ponto imperdível é Kandy, a segunda maior cidade do Sri Lanka cuja maior atração é o Templo do Dente Sagrado, assim chamado pelo fato do local principal de orações ser cercado de presas de marfim.

Sem dúvida, é um destino pouquíssimo explorado, mas cuja cultura, mística, espiritualidade e paisagens magníficas merece uma chance de visita!

  Gostaram da dica? Que tal conhecer o Sri Lanka com a Entre Brasucas?

Tania Wasserman

ENTRE BRASUCAS

Deixe o seu comentário


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *